Historias Naturais,

Museu Nacional de Hist'oria Natural e da Ciência, Lisboa , MUNHAC

Curadoria Sofia Marçal

solo exhibition 2018-19

As proposições e os enunciados da exposição são fábulas que remetem os acontecimentos da nossa vida humana e da vida política aos fenómenos observados e analisados pelas ciências naturais. Eles também são histórias naturais no sentido de que Esopo, La Fontaine ou Jules Renard relataram as falhas e curiosidades da espécie humana através de personagens animais dos quais nunca estamos distantes.

 

Da temporalidade que nos ilude e inscreve nossos pensamentos e acções em uma história sedimentada por fluxos migratórios, passando do microscópio ao macroscópico, os esquetes apresentados todos contam algo de nossa realidade vivida que se revela tanto melhor que passa o prisma da história natural. Entrelaçado com a memória da metáfora viva e real dos vivos, o museu das ciências naturais apresenta-se assim como revelador de nossos mais actuais tropismos humanos. Texto de Sofia Marçal